Uso Excessivo do Celular Causa Dores e Pode Desenvolver Doenças em Jovens

Em uma entrevista recente para a Rádio Super Notícias em Belo Horizonte, a Doutora Mariana Peixoto, vice-presidente da Sociedade Mineira de Reumatologia, explicou que o uso excessivo do celular para jovens pode acarretar em diversos problemas na região do pescoço.

A doutora explicou que:  “a nossa cabeça pesa em torno de 6 quilos, porém, se fizer uma inclinação de 60 graus (que seria a inclinação para olhar o celular) ela passa a pesar 20 quilos, isso gera uma sobrecarga tanto muscular, quanto articular. O risco seria uma artrose no pescoço, ruga no pescoço ou até mesmo uma lesão mais séria”. A pessoa pode chegar a perder o movimento da coluna cervical, dependendo do nível de gravidade da lesão, explicou.

Além disso, ela ainda pautou a questão da dependência do celular em que as pessoas se encontram nos dias atuais. “As crianças estão tendo uma dependência tecnológica hoje. Não é proibir, mas sim, limitar o uso dos aparelhos digitais. Será necessário encontrar um equilíbrio. Tanto nos adultos, quanto nas crianças”.

Possíveis Doenças Reumáticas Causadas Pelo Uso Excessivo de Celular

O uso em excesso de celular ou qualquer outro aparelho digital remoto, não significa necessariamente que uma pessoa terá algum tipo de doença reumática, mas sim, pode estar mais propícia a adquirir reumatismo voltado para as articulações do

“O uso excessivo pode gerar dores na coluna, nos ombros e pescoço, estiramento muscular no pescoço (lesão muscular mais severa) e artrose (desgaste nas articulações do pescoço)”, como explica a Doutora Mariana.

O Que Fazer Para Se Prevenir, Caso Necessite Usar o Aparelho Por Horas Seguidas?

São cuidados básicos, mas que fazem muita diferença ao longo da rotina diária, que demandam um tempo excessivo com a cabeça inclinada para o aparelho:

  • Fazer uma pausa a cada 20 minutos e um leve exercício de alongamento do pescoço;
  • Sempre que possível, coloque o aparelho em posição ereta, sem precisar abaixar tanto a cabeça para manuseá-lo;
  • Realizar exercícios aeróbicos, físicos e que estimulem o bem-estar, além de ajudar na prevenção ao quadro de dependência tecnológica também;
  • Evite trocar horas de sono pelo celular, o seu cérebro e corpo de um modo geral, precisam descansar de fato.

Via de regra, não há problema algum em usar o celular todos os dias, ele se torna um problema quando o seu uso é excessivo e gera problemas na saúde, tanto física como mental também.

Saiba mais sobre o assunto clicando aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *